Hipolabor alerta: 5 alergias mais comuns que você precisa conhecer

Hipolabor alerta: 5 alergias mais comuns que você precisa conhecer

As alergias nada mais são do que uma resposta imunológica do nosso organismo quando somos expostos a substâncias estranhas. A diferença, no entanto, se encontra no tipo de comportamento que ela desencadeia.

Ao contrário de uma reação comum, a alergia caracteriza-se por ser exagerada — ou seja, pode causar desde desconfortos no corpo a graves problemas para a saúde. Vale lembrar ainda que as substâncias “estranhas” variam de um organismo para outro, e é por isso que nem todas as pessoas manifestam reações alérgicas quando expostas a determinados elementos.

No post de hoje, apresentamos as 5 alergias mais comuns que você precisa conhecer. Continue a leitura para descobrir quais são elas e como combatê-las!

1. Rinite

Caracterizada como uma doença inflamatória, a rinite alérgica ocorre quando alguém respira uma substância capaz de provocar uma reação adversa na mucosa nasal. Pelos de animais, fumaça de cigarro, ácaro nos cobertores e travesseiros são alguns fatores que podem desencadeá-la.

Os sintomas da rinite incluem narinas entupidas ou com coriza muito frequente, espirros constantes, dores de cabeça, entre outros. Somente um médico pode propor um tratamento para a rinite, geralmente feito por meio de medicamentos antialérgicos.

2. Conjuntivite

Com causas similares às da rinite, a conjuntivite se manifesta na membrana que cobre os olhos, podendo ficar bastante inflamada.

Vermelhidão no local, coceira forte, lacrimejamento constante e uma sensação de aspereza nos olhos se caracterizam como os principais sintomas (e se manifestam muito em crianças).

Existem casos de pessoas que desenvolvem a rinite e a conjuntivite ao mesmo tempo. Em situações como essa, o nome da doença alérgica é rinoconjuntivite.

3. Urticária

A urticária se enquadra em uma classificação chamada de alergia cutânea. Trata-se de uma erupção na pele que também pode manifestar prurido e coceira no local.

Outra característica da urticária é que ela costuma desaparecer rapidamente, podendo voltar a se manifestar em outra parte do corpo.

As causas de uma urticária são bastante variáveis, sendo que as mais comuns são reações a picadas de insetos, uso de medicamentos para tratamentos de outras patologias, ingestão de determinados alimentos, etc.

4. Alergia alimentar

É bastante comum que as pessoas possuam alergia a alguns alimentos. Dois exemplos disso são a alergia ao trigo e a APLV (alergia à proteína do leite de vaca), que ocorrem por uma reação de defesa do organismo ao entrar em contato com tais componentes.

Em casos assim, o recomendado é ter um acompanhamento médico ou nutricional para a elaboração de uma dieta restritiva a esses tipos de alimentos.

5. Alergia a produtos químicos

Também não é raro encontrar pessoas que apresentem alergia a alguns componentes químicos que podem estar presentes em shampoos, sabonetes, cosméticos, perfumes e outros artigos farmacêuticos de uso pessoal.

Quando alguém tem alergia a produtos químicos, a orientação é semelhante aos casos de alergia alimentar. Ou seja, o indivíduo precisa suspender o uso do produto imediatamente, além de prestar atenção para não adquirir novos artigos com os elementos causadores do problema.

Conhecendo as alergias mais comuns, ficou muito mais fácil identificá-las e preveni-las, não é mesmo? Agora é com você: compartilhe este texto em suas redes sociais e ajude a divulgar o assunto!

banners_10coisas_post

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.