Saiba o que é trombose e quais são os principais sintomas

Saiba o que é trombose e quais são os principais sintomas

Você sabe o que é trombose? Muito se fala nela e em seus fatores de risco, mas é importante saber o máximo possível sobre essa condição que envolve a formação de coágulos que afetam regiões como pernas, cérebro e pulmões. Se não for diagnosticada e tratada corretamente, ainda pode ter consequências fatais.

Neste artigo, você vai entender melhor o que é a trombose, seus fatores de risco, suas causas, sintomas e quais medidas tomar se essa condição aparecer. Continue a leitura para conferir!

O que é trombose?

Trombose é o nome que se dá à formação de coágulos que impedem a circulação normal do sangue nas veias ou artérias. Ela pode ser superficial, quando apenas veias que ficam logo abaixo da pele são atingidas; ou profunda, quando a veia afetada fica localizada em uma região mais escondida no corpo.

Em qualquer caso, é preciso tratar a trombose com urgência. O coágulo formado em qualquer região pode se alojar em órgãos como pulmão e cérebro, tornando o quadro do paciente muito grave e evoluindo para embolia pulmonar ou trombose cerebral.

Quais são suas causas e fatores de risco?

Não existe uma causa específica para o aparecimento da trombose. O que se sabe, atualmente, é que algumas pessoas compõem o grupo com fator de risco aumentado. Abaixo você pode conferir as características que interferem no aparecimento desse problema:

  • genética: pessoas com trombose e problemas de circulação na família;
  • gravidez e pós-parto, devido a maior pressão na região da pélvis e das pernas (somente se a mulher tiver predisposição genética à trombose);
  • uso de anticoncepcionais e outros hormônios que dificultam a circulação do sangue em quem já tem a genética propícia para tal;
  • obesidade, já que o excesso de peso causa pressão excessiva nas veias;
  • tabagismo, que deixa a circulação mais lenta e dificultosa;
  • doenças como infecções gastrointestinais e insuficiência cardíaca;
  • uso de marcapasso e cateter.

Como os sintomas são detectados?

Um grande problema da detecção prévia da trombose é que os sintomas não são claros e podem aparecem quando o coágulo já está formado. Por isso, quem apresenta algum fator de risco deve procurar se prevenir e pedir ao médico exames frequentes para atestar a boa saúde.

Alguns sinais que a trombose transmite são: dores nas pernas (normalmente nas panturrilhas), sensação de queimação na área, mudança de coloração da pele local, que pode ficar azulada ou avermelhada, e inchaços constantes.

O que fazer em caso de suspeita de trombose?

Se você sentir qualquer sinal entre os que foram citados no tópico acima, é importante consultar um médico imediatamente. Os cuidados do profissional são focados em impedir que o coágulo se movimente pelo seu corpo e chegue a algum órgão vital, como o pulmão ou cérebro. Quando isso acontece, as consequências podem ser graves ou fatais, causando sequelas e até o óbito.

É muito importante saber o que é trombose, o nível do seu fator de risco e ficar atento aos sinais que seu corpo transmite, mesmo que pequenos. Se você faz parte do grupo que tem propensão a desenvolver o problema, consulte um especialista em circulação e faça os exames solicitados para estar sempre com a consciência tranquila com sua saúde.

Para prevenir a trombose, os médicos costumam receitar anticoagulantes. Veja como eles funcionam e entenda tudo sobre esses medicamentos!

banners_10coisas_post

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.