Hipolabor explica: quais são os tipos de hepatite

Hipolabor explica: quais são os tipos de hepatite

A hepatite é um problema de saúde mundial: estima-se que um terço da população global esteja infectada com o vírus dessa doença. Chamamos de hepatite toda inflamação que ocorre no fígado por meio do ataque dos hepatócitos – células do órgão. Essa inflamação pode ter diversas causas e, quando ela ocorre, várias células do fígado são destruídas, causando diversas consequências ao organismo. Quer saber mais sobre esse assunto e os principais tipos de hepatite existentes? Continue a ler este post!

Hepatite A

A Hepatite A, conhecida como “amarelão” ou “infecciosa”, é causada pelo vírus A, também chamado de VHA. Sua transmissão ocorre pela ingestão de alimentos ou água contaminados – a pessoa que está infectada pela doença elimina o vírus nas fezes, podendo contaminar a água que não tenha condições adequadas de saneamento básico – ou pelo contato com pessoas contaminadas. A boa notícia é que a cura da Hepatite A evolui de forma espontânea em mais de 90% dos casos.

Sintomas da Hepatite A

  • Fadiga;
  • Dor muscular;
  • Urina escura;
  • Perda de apetite;
  • Amarelamento da pele e dos olhos.

​Riscos da Hepatite A

  • Insuficiência hepática aguda, em casos raros.

Tratamento da Hepatite A

Não existe tratamento específico para a doença. O corpo se encarrega de livrar-se do vírus e, na maioria dos casos, o fígado se cura completamente após dois meses. Algumas recomendações podem agilizar o processo de recuperação: ficar em repouso, manter uma alimentação saudável, evitar a ingestão de álcool e fazer uso de m​edicamentos que amenizem os sintomas de náuseas e dores.

Hepatite B

A Hepatite B, também conhecida como “soro-homóloga”, é causada pelo vírus VHB, que pode ser adquirido pelo contato com sangue ou leite materno infectados. Além disso, a Hepatite B é uma doença sexualmente transmissível. Existe a Hepatite B aguda e a Hepatite B crônica.

Sintomas da Hepatite B

  • Perda de Apetite;
  • Febre;
  • Fraqueza e fadiga;
  • Amarelamento da pele;
  • Náuseas e vômitos.

Riscos da Hepatite B

  • Câncer de fígado;
  • Cirrose;
  • Hepatite D;
  • Falência do fígado.

Tratamento da Hepatite B

Para evitar que a doença se desenvolva, é importante procurar um médico assim que a infecção pelo vírus for identificada. Para a Hepatite B aguda, não existe um tratamento específico, porém alguns medicamentos podem reduzir os sintomas. Já no caso da Hepatite B crônica, necessita-se de tratamento específico, como com medicamentos antivirais. Em casos de cirrose, é necessário fazer um transplante de fígado.

Hepatite C

A Hepatite C é causada pelo vírus C e a sua transmissão ocorre por meio do sangue contaminado – transfusão de sangue, acidentes com material contaminado ou com a ingestão de drogas injetáveis. É considerada como a pior entre todas as hepatites e estima-se que, só no Brasil exista cerca de 1,5 milhão de pessoas infectadas.

Sintomas da Hepatite C

A Hepatite C tem as formas aguda e crônica. Alguns sintomas delas são:

  • Inchaço e dor abdominal;
  • Coceira;
  • Perda de apetite;
  • Náuseas e vômitos;
  • Sangramento no esôfago ou no estômago.

Tratamento da Hepatite C

Nem sempre o tratamento é necessário. Dependendo do diagnóstico médico, a terapia será indicada. Entretanto, em outros casos, o tratamento é necessário para evitar futuras complicações. Ela é tratada com uma combinação de remédios antivirais, que tem como objetivo eliminar o vírus do corpo da pessoa infectada.

Riscos da Hepatite C

  • Insuficiência hepática;
  • Câncer de fígado;
  • Cirrose.​

​Gostou de saber um pouco mais sobre os tipos de hepatite? Conhece alguém que tem ou teve essa doença? Conte para nós nos comentários!

​Assine nossa newsletter e recebe sempre nossos artigos!

banners_guiahipolabor_post

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.