Conheça os melhores remédios contra a gripe!

Conheça os melhores remédios contra a gripe!

Com as mudanças de temperatura ao longo do ano, é praticamente impossível escapar da gripe, e a busca por remédios que aliviam os sintomas dessa infecção viral se intensifica.

O repouso e a ingestão de água em grande quantidade aliviam os sintomas. Muitas vezes, porém, é necessário recorrer a comprimidos e xaropes para melhorar a disposição e conseguir ter uma noite de sono mais restauradora.

Quer descobrir quais medicamentos são esses e entender como o remédio para gripe age no organismo? Continue a leitura e saiba mais!

Existe algum remédio que cura a gripe?

Não. A gripe é uma infecção das vias aéreas superiores provocada pelo vírus influenza e, como a maioria das infecções virais, não é curada por medicamentos antivirais específicos.

Assim, a gripe só se resolve completamente quando o próprio organismo consegue combater o vírus e restaurar o funcionamento normal do sistema respiratório. No entanto, isso não significa que alguns medicamentos não possam ser usados durante o período de doença para aliviar os sintomas.

É necessário ir ao médico para fazer uso de remédio para gripe?

Os medicamentos usados no tratamento da gripe podem ser comprados sem prescrição médica, mas devem ser utilizados apenas sob orientação e acompanhamento de um profissional da área da saúde. Isso reduz o risco de intoxicações e interações medicamentosas que podem trazer algum mal ao indivíduo.

Quais são os melhores medicamentos para gripe?

Paracetamol e dipirona

O parecetamol e a dipirona são analgésicos e antitérmicos, ajudando no controle da febre, das dores de cabeça e da sensação de mal-estar e cansaço. Em geral, deve-se fazer uso apenas de um desses medicamentos, a menos que o médico prescreva algo diferente.

Ibuprofeno, diclofenaco ou nimesulida

Com sua ação anti-inflamatória, o ibuprofeno, o diclofenaco e a nimesulida conseguem reduzir o processo inflamatório em todo o corpo, aliviando o edema e a irritação das mucosas, as dores musculares e o aumento de temperatura. Mas, vale ressaltar que o uso desses medicamentos deve ser limitado ao momento de desconforto mais intenso, já que há um maior risco de efeitos colaterais do que com o uso de parecetamol e dipirona.

Soro fisiológico

O soro fisiológico é o grande aliado quando se trata de descongestão nasal e redução da coriza. A substância geralmente é usada na forma de jatos diretamente dentro das narinas, forçando a retirada do muco mecanicamente e hidratando a mucosa nasal. Mas, outra possibilidade é que uma nebulização seja preparada com o soro fisiológico e o vapor quente ajude na diluição e remoção da secreção.

N-acetilcisteína

Uma vez diluída em água, a N-acetilcisteína gera uma solução que deixa o catarro menos viscoso e facilita a expectoração, com a retirada de todas as secreções presentes nas vias aéreas. Após essa limpeza, a respiração fica mais fácil e confortável.

Loratadina e dexclorfeniramina

Se, além da gripe, o indivíduo apresenta sinais de coriza e tosse alérgicas, a loratadina consegue reduzir a irritação das vias aéreas provocada pelas impurezas do ar e aliviar o desconforto durante o dia. Já durante a noite, o uso da dexclorfeniramina é mais indicado, já que esse antialérgico possui um efeito colateral de sonolência e sedação, que contribui para uma boa noite de sono.

Vale lembrar que os remédios listados acima não devem ser consumidos sem a recomendação de um médico. Caso persistam os sintomas, não deixe de se consultar.

Restou alguma dúvida sobre as informações que listamos aqui? Conte pra gente nos comentários!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.