Vitaminas para gestantes: saiba quais devem ser consumidas

Vitaminas para gestantes: saiba quais devem ser consumidas

A prática de uma dieta rica em nutrientes tem extrema importância durante a gestação, já que tudo que a mulher consome interfere não apenas na sua saúde, mas também na do bebê. Por isso, para que o desenvolvimento do feto ocorra de maneira saudável, é essencial conhecer quais são as principais vitaminas para gestantes.

O consumo dos alimentos certos garante uma boa formação da estrutura física e cerebral do bebê dentro da barriga, além de prevenir doenças na gestante, como anemia e diabetes, comuns no período de gravidez.

Continue lendo e confira as principais vitaminas que as gestantes devem consumir, bem como sua importância para a mãe e o bebê. Boa leitura!

Ácido fólico

A vitamina B9, mais conhecida como ácido fólico, tem seu consumo recomendado desde o período de planejamento de uma gravidez, já que pesquisas apontam que a prática pode reduzir as chances de a criança desenvolver autismo.

Consumir ácido fólico durante o primeiro trimestre de gestação também auxilia no desenvolvimento do cérebro do bebê e na formação de sua coluna e medula espinhal, prevenindo má formação no tubo neural.

A vitamina pode ser encontrada em frutas, legumes e verduras verde-escuras, como agrião e couve.

Cálcio

Esse mineral é fundamental para a formação dos ossos do bebê dentro da barriga da mãe. O cálcio também serve para ajudar na manutenção da pressão do sangue e em sua coagulação. Outro benefício importante é o controle da contração muscular e sua ação na produção do leite materno.

Alguns alimentos ricos em cálcio são leite e seus derivados, como queijos e iogurtes, carnes, ovos, feijão e vegetais, como couve, brócolis e espinafre.

Ferro

Na gravidez, há aumento na quantidade de sangue circulando no corpo da gestante, e o ferro se encarrega de aumentar também a produção de hemoglobina. Dessa forma, podemos dizer que a principal função do ferro é favorecer o aporte de oxigênio para o feto e contribuir para seu desenvolvimento.

A falta de ferro pode levar a gestante a desenvolver anemia, o que acontece com bastante frequência e pode acarretar em parto prematuro e bebê com baixo peso. Nesses casos, é comum que o obstetra prescreva suplementos do mineral.

O ferro pode ser encontrado em carnes vermelhas, aves, ovos, nozes, legumes e vegetais de folhas verdes.

Zinco

O zinco é um antioxidante natural e, durante a gravidez, torna-se responsável pela formação das células de DNA e pela produção dos tecidos no corpo do bebê, além de auxiliar em seu crescimento e desenvolvimento.

Seu consumo pode acontecer por meio de frutos secos, carnes e lácteos.

Vitamina B6

Encontrada em vegetais, peixes, leite e grãos integrais, a vitamina do complexo B é fundamental para a formação do feto, pois age na prevenção de má formação e auxilia no desenvolvimento do sistema nervoso.

Para a mulher, a vitamina B6 é útil no controle de enjoos durante o período de gestação, já que ela é considerada responsável pelo controle hormonal no organismo feminino.

É importante dizer que nem toda mulher consegue absorver todas as vitaminas essenciais somente com os alimentos que consome. Nesses casos, o obstetra pode prescrever suplementos para garantir que a quantidade de vitaminas e minerais no organismo seja adequada para a mãe e o bebê.

Agora que você já sabe sobre a importância do consumo de vitaminas para gestantes, confira nosso artigo que dá dicas para conciliar trabalho e família.

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.