Conheça 5 tipos de dores de cabeça e saiba como tratá-las

Conheça 5 tipos de dores de cabeça e saiba como tratá-las

As dores de cabeça são problemas muito comuns em nosso dia a dia e acometem, pelo menos uma vez, a maior parte das pessoas ao longo da vida. Elas podem variar de um quadro leve a dores que atrapalham a realização das tarefas diárias.

Várias são as causas de dores de cabeça, desde alimentos até problemas neurológicos mais graves, sendo que alguns só podem ser solucionados com avaliação e tratamento médico.

Quer saber mais sobre os tipos de dores de cabeça? Então, acompanhe conosco!

1. Enxaqueca

A enxaqueca é um quadro bem distinto da cefaleia comum. É um quadro de origem neurológica que se expressa com uma dor pulsátil e outros sintomas, como o aumento da sensibilidade à luminosidade e ao barulho, alterações visuais, enjoos e até vômitos.

Vários podem ser os gatilhos que provocam uma crise de enxaqueca, entre eles encontramos cheiros fortes, um desequilíbrio do nível hormonal, alguns alimentos como o chocolate e os queijos.

A dor pode ser muito intensa e, inclusive, prejudicar o dia a dia da pessoa que sofre com esse problema. No caso de dores leves, os analgésicos comuns conseguem solucionar o quadro. Mas em casos mais graves, é preciso procurar um médico para que sejam prescritos medicamentos que atuarão na raiz do problema.

2. Cefaleia tensional

A cefaleia tensional é um tipo de dor de cabeça que acomete diversas pessoas em seu dia a dia. E a maior parte da população já sentiu essa dor alguma vez na vida. Ela ocorre porque o estresse consegue tencionar os músculos do pescoço e da parte superior do tronco e das costas.

Toda essa tensão é provocada pelo excesso de estresse e pelo cansaço que muitos sofrem todos os dias. E como cada pessoa lida com essas situações de várias formas diferentes, a expressividade da dor também se manifesta de maneiras diversas.

A cefaleia tensional pode surgir como uma leve pressão ou uma forte dor na testa. E pode ser tratada com métodos para redução do estresse e relaxamento dos músculos e da mente. Isso pode ser realizado com atividades como a ioga e a quiropraxia ou aproveitar para dormir melhor.

Caso a dor não passe com essas terapias, é possível fazer uso de analgésicos, como a dipirona e o paracetamol.

3. Cefaleia causada por problemas oculares

Quando uma pessoa necessita fazer muito esforço para enxergar pode surgir uma dor de cabeça bastante incômoda na fronte. Ela é causada, principalmente, pela hipermetropia e o astigmatismo.

Seu tratamento é realizado com o devido controle do problema visual, mas pode ser solucionada em momentos mais dolorosos com analgésicos comuns.

4. Cefaleia causada por sinusite

Esse tipo de dor de cabeça é causado por uma infecção muito forte dos seios nasais. Ela provoca uma sensação de dor e pressão na área concentrada entre o nariz e os olhos. E pode piorar com a compressão manual do local.

Outros sintomas que acompanham a cefaleia por infecção do sinus podem ser a febre alta e o nariz congestionado e com coriza. A dor de cabeça pode variar de uma pressão leve a forte.

Para tratamento da sinusite, são utilizados antibióticos que conseguem solucionar o quadro de infecção. Além disso, podem ser aplicados descongestionantes diretamente nas narinas que aliviam a pressão dentro dos seios nasais, além de analgésicos.

5. Cefaleia causada por alimentos

Na maior parte das pessoas os alimentos não são capazes de provocar crises de enxaqueca. Isso costuma ocorrer naqueles indivíduos que já são predispostos a sentir essa dor, especialmente, para quem sofre com um quadro de enxaqueca.

Alimentos ricos em gordura ou de difícil digestão são os mais propensos a provocar quadros de dor de cabeça. As bebidas alcoólicas, os chás e os chocolates costumam causar dor em muitas pessoas.

É preciso que você procure um médico para realizar o diagnóstico preciso do seu tipo de dor de cabeça. Só um especialista pode indicar o melhor tratamento para uma patologia específica.

E aí, leu o nosso texto e aprendeu um pouco mais sobre os tipos de dores de cabeça? Então, compartilhe este conteúdo nas redes sociais e ajude seus amigos a saberem mais sobre o assunto!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.