Pneumonia: riscos e sintomas

A pneumonia, uma inflamação aguda nos pulmões, muitas vezes, é causada por vírus ou bactéria. A doença pode levar à morte se não tratada a tempo, principalmente em crianças ou idosos. Para se ter uma ideia, segundo matéria publicada no Viva Bem do Portal UOL, a pneumonia é a doença que mais mata crianças com até cinco anos no mundo. No Brasil, ela afeta 900 mil pessoas e causa 100 mil mortes por ano.

Fatores de risco
– Idade: crianças e idosos são os mais vulneráveis
– Imunodepressão: condições que diminuem a imunidade, como prematuridade, insuficiência cardíaca, alcoolismo, câncer ou Aids não controlada.
– Tabagismo
– Doença pulmonar crônica
– Pacientes internados em hospitais, clínicas ou casas de repouso.
– Fatores socioeconômicos: pobreza, desnutrição, desmame precoce, cobertura vacinal inadequada e baixas condições sanitárias e de higiene.
– Condições que resultam em dificuldades de deglutição.

Sintomas
– Febre.
– Tosse (seca ou produtiva).
– Mal-estar geral.
– Dor torácica que surge ou piora com a tosse ou ao respirar.
– Falta de ar ou dificuldade para respirar.

Também podem surgir:
– Respiração rápida.
– Dor de cabeça.
– Suor.
– Calafrio.
– Perda de apetite.
– Fadiga.
– Confusão mental (mais comum em idosos).

Prevenção
– Mantenha a vacinação em dia.
– Pare de fumar.
– Se acabou de se tornar mãe, procure amamentar.
– Cultive medidas de higiene, como lavar as mãos com frequência e cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar.
– Fique em casa quando estiver com febre e mantenha os ambientes arejados.
– Mantenha uma vida saudável, o que significa ter uma dieta variada e equilibrada, dormir bem, praticar atividade física e evitar o álcool.

Para saber os tipos de pneumonia e como é o tratamento, clique aqui e leia a matéria na íntegra no Portal UOL.

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.