Hipolabor alerta: a importância de reduzir o sódio na alimentação

Hipolabor alerta: a importância de reduzir o sódio na alimentação

Sabemos que a alimentação tem grande influência na saúde e qualidade de vida das pessoas. Por esse motivo, há uma grande mobilização social para conscientizar a população sobre a importância de manter uma dieta equilibrada e reduzir o sódio na alimentação.

Porém, não é tão fácil assim eliminar os maus hábitos alimentares. Ainda mais diante da enorme diversidade de produtos industrializados disponíveis no mercado. E para complicar a situação, somente uma pequena parcela da população está atenta aos rótulos e ingredientes dos produtos que ingerem.

Por isso, hoje falaremos sobre o sódio que, apesar de ser uma substância muito importante para as funções de nosso organismo, em altas doses pode oferecer perigo à saúde. Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe o post de hoje!

O sódio está presente apenas no sal de cozinha?

O cloreto de sódio, mais conhecido como sal de cozinha, é uma das principais fontes de sódio. O sal é muito utilizado na culinária e também na indústria alimentícia, pois realça o sabor dos alimentos, além de conferir melhor textura e conservá-los por mais tempo.

O que nem todo mundo sabe é que o sódio também pode ser encontrado em outros alimentos, como a carne e o leite, por exemplo. Esse importante mineral tem participação em funções vitais do nosso organismo. Por esse motivo, não pode faltar em uma dieta equilibrada, desde que em quantidades adequadas.

Por que reduzir o sódio na alimentação?

Quando consumido em excesso, o sódio pode causar hipertensão. Esse distúrbio, apesar de bastante comum, merece atenção, pois pode desencadear diversos problemas de saúde, como acidente vascular cerebral (AVC), infarto, aneurisma, insuficiência renal crônica, insuficiência cardíaca e até mesmo doenças respiratórias.

Além disso, níveis elevados de sódio no organismo causam a retenção de líquidos, ocasionando inchaço e variações de peso. O consumo excessivo de sódio também pode prejudicar o funcionamento dos rins. Isso porque eles trabalham para filtrar e eliminar o sódio, e quando há um alto consumo desse mineral, os rins são obrigados a trabalhar muito mais, ficando sobrecarregados.

Qual a quantidade adequada de consumo de sódio?

Conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), um indivíduo saudável deve consumir apenas dois gramas de sódio por dia, o que equivale a cinco gramas de sal. Porém, a realidade é preocupante, pois a média de consumo de sal pelos brasileiros está em torno de 10 gramas por dia, ou seja, o dobro da recomendação!

Isso ocorre porque o sódio está presente na maioria dos alimentos industrializados. Alguns produtos como molhos prontos, refrigerantes, sucos, queijos, bolachas, macarrão instantâneo e salgadinhos parecem inofensivos. Entretanto, esse alimentos podem apresentar quantidades altíssimas de sódio.

Como reduzir o sódio na alimentação?

Para reduzir a ingestão de sódio é essencial ler atentamente os rótulos. Além disso, é recomendável evitar o saleiro à mesa e utilizar temperos naturais nas refeições, como manjericão, alecrim, sálvia, orégano e salsinha, além de azeite, vinagre e limão, agregando mais sabor aos alimentos.

Outra dica importante é optar, sempre que possível, por alimentos frescos, como frutas, vegetais, verduras e grãos integrais. Com essas simples atitudes no dia a dia é possível não somente reduzir o sódio na alimentação, como também conquistar mais saúde e qualidade de vida!

Gostou das dicas de hoje para reduzir o sódio na alimentação? Então deixe um comentário e compartilhe com a gente sua opinião!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.