Hipolabor ensina: A importância de especializações em farmácia

Hipolabor ensina: A importância de especializações em farmácia

O mercado de trabalho está cada vez mais concorrido, por isso, hoje em dia é extremamente importante se mostrar como um profissional com visão de futuro e fazer especializações para se dar bem em sua área de atuação. A área da saúde é bastante extensa e complexa, portanto, especializações em farmácia são importantes para alcançar destaque e reconhecimento. Confira mais sobre o assunto no post de hoje:

Cursos de especialização

A especialização faz toda a diferença para a carreira de uma pessoa, pois gera autoridade e maior facilidade de crescimento. Profissionais interessados em aperfeiçoar seus conhecimentos e se aprofundar em áreas específicas devem buscar cursos reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação), que é o órgão governamental responsável por credenciar instituições de ensino superior no Brasil. O MEC é quem avalia, reconhece e autoriza um curso, seja presencial ou ensino à distância, portanto, somente um certificado de instituição credenciada pelo órgão tem validade no mercado e dá o direito ao exercício da especialização.

Mercado de trabalho

Algum tempo atrás, ter um diploma de graduação já era um diferencial e praticamente uma garantia de bom emprego. Hoje em dia, é necessário agregar qualificações e, na hora de conquistar um emprego ou um melhor cargo, um currículo com cursos de especialização de qualidade faz toda a diferença. É importante que o profissional busque cursos bem qualificados e, principalmente, totalmente voltados para sua área de atuação.  A ideia é mostrar-se capacitado e superar as expectativas da empresa, destacando-se entre os demais profissionais.

Especializações em farmácia

Uma carreira na área de farmácia exige do profissional constante atualização e especializações. Um farmacêutico deve estar sempre por dentro de todas as leis e exigências da Vigilância sanitária, além de atualizado quanto às novidades científicas.

O mercado farmacêutico oferece diversas opções de atuação, dentre elas pesquisa, marketing e controle de qualidade. O profissional pode especializar-se também em áreas mais específicas, como a farmácia estética — um exemplo é a cosmetologia, segmento de grande crescimento na atualidade — ou optar por trabalhar com análises clínicas em laboratórios.

Conheça algumas áreas de especialização e atuação nas atividades farmacêuticas:

  • Administração: hospitalar, farmacêutica ou de laboratório clínico.
  • Bancos: de órgãos, de sangue, de leite, de sêmen e de cordão umbilical.
  • Toxicologia: clínica, ambiental, de alimentos, desportiva, forense, ocupacional e veterinária.
  • Farmácia: antroposófica, clínica, comunitária, de dispensação, dermatológica, homeopática, hospitalar, industrial, magistral, nuclear, oncológica, pública e veterinária.
  • Genética humana e exames de DNA.
  • Citologia clínica, citopalogia e citoquímica.
  • Imunologia clínica, imunopatologia, imunohistoquímica, imunogenética e histocompatibilidade.

É essencial que o profissional decida quais são seus planos e escolha com critério sua especialização, lembrando que o foco principal deve ser buscar conhecimento e aprendizado, não apenas um título. Vale ressaltar que o ideal é buscar um curso de especialização depois de já ter entrado no mercado de trabalho, já que experiência profissional também é importante. Para quem já tem um emprego e busca aperfeiçoamento e mais conhecimento, a especialização feita através de ensino à distância é uma excelente alternativa.

E você, o que pensa sobre fazer especializações em farmácia? Compartilhe suas experiências e deixe sua opinião em nosso espaço para comentários.

 

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.