Hipolabor esclarece: quais são as principais doenças do ouvido

Hipolabor esclarece: quais são as principais doenças do ouvido

O ouvido humano é capaz de perceber e transformar as ondas sonoras presentes no ar para que o cérebro consiga decifrá-las. Ele é um órgão complexo, formado por ossos e membranas, e pode ser dividido em 3 partes: ouvido externo, que recebe as ondas sonoras; ouvido médio, local onde ocorre a transformação das ondas; e ouvido interno, onde elas são traduzidas para impulsos nervosos e encaminhadas para o cérebro por meio do nervo acústico.

Por causa de toda essa complexidade, são muitas as doenças do ouvido que um indivíduo pode adquirir. Neste post, mostraremos algumas das principais doenças do aparelho auditivo e como tratá-las. Confira!

Otite

As otites são as inflamações mais comuns que podem ocorrer em diversas regiões da orelha, como o ouvido externo ou médio. Essa inflamação pode envolver processos inflamatórios ou não. Dependendo da gravidade da inflamação, o paciente se queixa de dor, sensação de ouvido entupido e pode haver sangramento e secreções.

As otites podem surgir a partir da entrada de água no ouvido ou de uma gripe ou processo alérgico, como a rinite. Geralmente, é tratada com medicamentos, mas em alguns casos pode ser necessário realizar uma intervenção cirúrgica.

Labirintite

As labirintites são doenças do ouvido interno, também conhecido como labirinto. Seus principais sintomas são tontura, náusea, dor de cabeça, falta de ar, dentre outras.

A doença pode ser causada por diversos fatores, como lesões no ouvido interno, diabetes, alterações na coluna ou cardiovasculares, problemas emocionais, consumo excessivo de álcool e tabaco, etc. Dessa forma, é preciso identificar a causa do problema para realizar o tratamento adequado.

Zumbido

O zumbido é uma sensação de barulho dentro do ouvido ou da cabeça que pode ser um grande incômodo para o paciente, impedindo-o de se concentrar em atividades do dia a dia ou de dormir, por exemplo. Ele pode ser causado por diversas doenças, como perda de audição, lesões ou doenças circulatórias.

Por isso, é preciso investigar a causa do problema. Na maior parte das vezes, o incômodo está associado à perda auditiva, o que facilita o tratamento por meio do uso de aparelhos para amplificar a audição.

Outras doenças podem estar relacionadas às doenças do ouvido

Algumas doenças não estão ligadas diretamente ao aparelho auditivo, mas podem afetá-lo, levando a problemas como zumbido ou perda auditiva. Confira algumas delas:

Osteoporose

Na osteoporose, os pacientes perdem massa óssea rapidamente. Essa redução deixa os ossos mais frágeis, podendo torná-los quebradiços. O paciente também pode ter os ossos do ouvido afetados pela osteoporose, o que pode contribuir para a deficiência auditiva.

Hipertensão

No paciente com hipertensão, também conhecida como pressão alta, o estreitamento das artérias faz com que seja necessária maior força para que o sangue circule, o que sobrecarrega, principalmente, o coração. Além de outros sintomas, a hipertensão pode causar zumbido no ouvido e acelerar a perda de audição em pessoas idosas.

Diabetes

Pacientes com diabetes podem apresentar zumbido no ouvido. Além disso, alguns estudos apontam que a perda de audição é duas vezes mais frequente em diabéticos do que em pessoas que não apresentam a doença.

E você, gostou de se informar sobre as principais doenças do ouvido? Para continuar por dentro de mais informações sobre saúde, não deixe de assinar nossa newsletter!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.