Hipolabor explica: quais medicamentos modificam a ação de outros?

Hipolabor explica: quais medicamentos modificam a ação de outros?

Muita gente já ouviu falar sobre as famosas interações medicamentosas, mas poucos sabem realmente o que é isso. Os brasileiros têm forte tendência a não seguir instruções dos médicos ou farmacêuticos e partirem direto para a automedicação, o que pode não somente anular efeitos de alguns remédios, mas também criar danos em potencial para nosso corpo. Os medicamentos têm a possibilidade de influenciar a atuação dos outros e isso pode ser muito perigoso. Quer compreender melhor o tema, as principais e mais comuns interações e proteger o seu organismo? Confira o nosso artigo de hoje!

O que é interação medicamentosa?

Para início de conversa, é preciso compreender realmente o que é uma interação medicamentosa. Essa expressão se refere às mudanças que os fármacos produzem quando são ingeridos junto a outro medicamento. Isso pode levar à redução ou potencialização do efeito, colocando a saúde em risco e causando efeitos imprevisíveis. Embora nem sempre essa relação seja maléfica, ela só pode ser buscada intencionalmente por um médico. Conheça aqui alguns dos principais casos de remédios que modificam a ação de outros:

Antibióticos x anticoncepcionais

Embora muitas pessoas possam achar que isso não passa de lenda, qualquer antibiótico pode cortar os efeitos de um anticoncepcional. E aí o resultado pode ser um só: gravidez indesejada. Quando uma mulher tiver a necessidade de ingerir um antibiótico, ela precisa ser orientada a ter o cuidado de usar outros métodos contraceptivos até o final do tratamento em questão.

Isso ocorre porque o antibiótico pode diminuir a concentração dos hormônios presentes na pílula e torná-la ineficaz. Essa reação acontece em função da destruição de bactérias intestinais que participam de reações enzimáticas que liberam estrogênio ativo na corrente sanguínea, o que impede o início do período fértil. O mecanismo não é claramente elucidado e supõe-se que isso só ocorra em mulheres com alguma predisposição, mas de qualquer forma não vale a pena correr o risco, não é mesmo? Até a pílula do dia seguinte tem sua eficiência comprometida por interação com esses fármacos.

Anticoagulantes orais x suplementos vitamínicos

A varfarina, um dos principais anticoagulantes disponíveis no mercado, é muito usada em diversos problemas de saúde, especialmente após o entupimento de vasos sanguíneos como em tromboses, acidentes vasculares cerebrais e infartos, ou na profilaxia desses males. Trata-se de um anticoagulante oral que impede a ação da vitamina K, que é uma substância completamente essencial para que nosso fígado produza diversos fatores indispensáveis na coagulação. Isso previne a formação de trombos e o entupimento dos vasos.

Porém, essa redução na ação da vitamina k se dá por competitividade: se você aumenta a ingestão dessa vitamina, você pode anular o efeito da varfarina! E pela gravidade dos males que ela protege, podemos concluir que as consequências podem ser desastrosas. Costumamos achar que suplementos vitamínicos são inocentes e não podem fazer mal, mas vimos que não é essa a realidade. Até a ingestão de alimentos ricos nessa vitamina deve ser controlada.

Diuréticos x anti-inflamatórios

Essa é uma interação bem conhecida do público e o motivo é bem lógico: o anti-inflamatório depende de uma concentração exata para ter sua ação da maneira esperada, porém o diurético altera essa fórmula. Quando urinamos mais, eliminamos boa parte do princípio ativo do fármaco e então reduzimos significativamente a quantidade disponível para que tenhamos o efeito. Se você usa diuréticos por recomendação médica, será preciso alterar a posologia do anti-inflamatório com precisão para que você obtenha os resultados desejados.

Agora que você conhece um pouco mais sobre a interação medicamentosa, previna-se e oriente aqueles que conhece. Remédios não são brincadeira e devemos sempre estar atentos e tomando o máximo de precaução! Você já ouviu falar sobre outro tipo de remédio que pode modificar a ação de algum outro? Conte pra nós através dos comentários e vamos descobrir se trata-se de uma lenda ou verdade! Continue de olho no nosso blog!

banners_ebook_post

 

 

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.