Mercado farmacêutico: descubra como ter uma carreira de sucesso

Mercado farmacêutico: descubra como ter uma carreira de sucesso

mercado farmacêutico é sempre apontado como um dos que oferece carreiras mais promissoras para os seus profissionais. Isso se justifica pelo fato de um leque de opções ser oferecido às pessoas com formação nessa área, pois existem diversos caminhos que podem ser seguidos.

Mas como ter uma carreira de sucesso no mercado farmacêutico? Para isso é preciso que você entenda a profissão de farmacêutico e as principais áreas que esse mercado oferece. Também é importante saber como essa área está se desenvolvendo em nosso país, o que fazer para se destacar e que cursos fazer para se manter ativo.

Pensando em trazer informações relevantes sobre todos esses assuntos, desenvolvemos este post. Por isso, siga a leitura nos tópicos a seguir e ficar muito bem informado!

1. Entenda a profissão de farmacêutico

É bastante comum que o estudante do curso de Farmácia chegue na universidade com uma pretensão e termine a graduação com uma ideia completamente diferente da inicial. Isso acontece porque o curso é muito amplo e oferece uma extensa gama de disciplinas que vão além daquilo que o graduando esperava encontrar.

Assim, é natural que o aspirante a farmacêutico consiga desenvolver habilidades que ele nem mesmo sabia que tinha, o que pode fazer com que ele deixe de lado o sonho de ser um farmacêutico clínico para se dedicar a outras áreas da Farmácia — como a cosmetologia, por exemplo.

Cabe destacar, porém, que apenas a graduação em Farmácia já não é mais suficiente para quem deseja obter o sucesso nessa área. O bacharel em Farmácia pode, sim, desempenhar diversas funções, porém a maioria delas exige um nível mais aprofundado de conhecimento. Desse modo, cursar uma especialização na área desejada não é um diferencial, mas sim uma obrigação.

No que se refere ao quadro evolutivo da profissão de farmacêutico, ela já existe há mais de 2600 anos. Os chineses, que extraiam drogas de plantas para curar doenças, foram os primeiros a regulamentar a profissão.

Com o passar dos anos, a fabricação de medicamentos deixou de ser a única carreira seguida pelo farmacêutico, pois outras áreas se desenvolveram e ampliaram o mercado de trabalho. Hoje, até mesmo setores da polícia, como os que fazem a investigação criminal por meio de materiais encontrados em cenas de crimes, necessitam do trabalho de um farmacêutico.

Vamos falar sobre as principais delas nos tópicos a seguir.

2. Principais áreas do mercado farmacêutico

O mercado farmacêutico oferece muitas opções de carreira para os profissionais formados no curso de Farmácia — de acordo com o Conselho Federal de Farmácia, são mais de 70. Veja a seguir quais são as principais áreas que podem ser seguidas por um farmacêutico nos duas atuais.

2.1 Alimentos

A indústria de alimentos tem se tornado uma opção muito interessante para os farmacêuticos. Esse profissional recebe o nome de farmacêutico bromatologista e é cada vez mais disputado no mercado, uma vez que a preocupação das pessoas em relação aos alimentos industrializados tem crescido.

O farmacêutico bromatologista precisa ter conhecimentos aprofundamos em gestão industrial, bem como de ferramentas de controle de qualidade, normas de boas práticas para a manipulação de alimentos e de outros fatores. Por isso, cursar uma pós-graduação na área industrial é algo indispensável por quem optar por essa carreira.

O profissional de farmácia que envereda para a área de alimentos é responsável pelo planejamento de produção e boas práticas em indústrias, realiza o controle de qualidade dos produtos, faz o acompanhamento de auditorias sanitárias, desenvolve formulações para alimentos e nutracêuticos e analisa os itens da composição de cada alimento, entre outras funções.

2.2 Vendas

O balcão de farmácia é uma das opções de carreira que mais abriga os profissionais formados em Farmácia, sobretudo os que estão em início de carreira. Essa realidade se justifica pelo fato de não ser necessário uma pós-graduação para exercer essa atividade, o que faz com que o profissional possa conciliar essa profissão enquanto dá continuidade aos estudos.

farmacêutico vendedor precisa conhecer muito sobre as fórmulas dos medicamentos e outros produtos vendidos nas drogarias. Assim, ele deve exercer funções como a de auxiliar os vendedores a esclarecer dúvidas dos clientes e supervisionar a qualidade do atendimento prestado, por exemplo.

O profissional de Farmácia também pode atuar na área de vendas como um propagandista farmacêutico. Nesse caso, ele trabalhará em laboratórios e fará visitas a consultórios de médicos e dentistas que receitam medicamentos a seus pacientes. A ideia é mostrar as novidades e lançamentos da empresa para que elas possam ser receitadas por esses profissionais.

2.3 Farmácia hospitalar e clínica

Desde 2014, é exigido que as farmácias e drogarias tenham um farmacêutico que atue nos estabelecimentos. Essa exigência fez com que o mercado de trabalho dos farmacêuticos deixasse de ser mais concentrado nos grandes centros urbanos e começasse a ser mais presente nas cidades pequenas do interior.

O objetivo do trabalho do farmacêutico clínico é orientar os clientes da drogaria acerca das posologias, formas de uso e outras orientações práticas relacionadas aos medicamentos comercializados no estabelecimento. O profissional também pode exercer atividades como verificar se a prescrição médica está de acordo com a legalidade, entre outras ações.

Além disso, além das drogarias, o farmacêutico clínico também pode atuar em hospitais no trabalho em conjunto com médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem para organizar os medicamentos e administrá-los nos pacientes internados, de modo que apresentem melhores resultados.

2.4 Cosmetologia

Quem gosta da área estética poderá ter sucesso se seguir a carreira de cosmetologia. Trata-se de uma ramificação das ciências farmacêuticas que visa desenvolver e produzir produtos cosméticos, bem como fazer pesquisas nessa área.

Basicamente, a cosmetologia tem três funções básicas: a estética, a conservadora e a corretiva. No primeiro caso, os produtos criados devem melhorar a aparência de quem os utiliza.

A função conservadora faz com que a pele seja protegida em relação à radiação solar, por exemplo. Já a área corretiva tem o objetivo de corrigir imperfeições na pele dos pacientes, como as pessoas que sofreram queimaduras.

Todas essas atividades são exercidas pelo farmacêutico cosmetologista que, para atuar na área, necessita realizar um curso de especialização.

2.5 Medicamentos

Uma das carreiras mais disputadas no mercado farmacêutico é a área industrial, ou seja, da produção de medicamentos. O farmacêutico industrial deve gerenciar o departamento de produção dos medicamentos, controlar a qualidade, fazer a auditoria sanitária, orientar os atendentes do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) para que prestem um atendimento adequado para os clientes que entrarem em contato, entre outras funções.

O exercício da função exige que o farmacêutico seja especialista na área industrial e, por isso, ter um curso de pós-graduação para trabalhar nesse ramo do mercado farmacêutico é indispensável.

3. Saiba como está o mercado farmacêutico no Brasil

Apesar da recessão econômica que o nosso país e o mundo atravessam, o cenário de crise é bem menos impactante para o mercado farmacêutico. Afinal, a saúde é sempre prioridade para as pessoas, bem como para o poder público.

A produção e a venda de medicamentos são importantes para que as pessoas se mantenham saudáveis e revertam quadros de doenças. Por isso, o mercado farmacêutico se mantém sempre em alta, mesmo em situação adversas.

Além dos medicamentos, a alta desse mercado se dá também por conta de as pessoas gostarem de se sentir bem consigo mesmas e utilizar muitos produtos cosméticos para ter essa sensação.

4. Dicas para se destacar no mercado farmacêutico

Conforme visto anteriormente, o mercado farmacêutico está sempre em alta. Mas como se destacar nesse cenário? Para ajudá-lo nesse sentido, listamos uma série de dicas que podem ser úteis para quem pensa em seguir essa carreira. Acompanhe!

4.1 Conheça sobre gestão

Independentemente do cargo que você pretende ocupar na área farmacêutica, é imprescindível ter conhecimentos sobre gestão. Afinal, você pode ser um líder em qualquer circunstância e em qualquer subárea da Farmácia.

Por isso, investir em cursos de curta duração e ler livros sobre gestão pode ser uma boa ideia para que você tenha sucesso na sua carreira como farmacêutico.

4.2 Desenvolva a inteligência emocional

A inteligência emocional é importante para que você possa lidar com situações de crise e emergenciais nas empresas em que atuar. Você precisa ter capacidade de controlar as emoções para ser um líder.

Assim, saber como se colocar no lugar do outro, desenvolver estratégias de gestão, controlar as emoções pessoais, entre outros aspectos da inteligência emocional também contribuem para a sua trajetória como farmacêutico.

4.3 Domine línguas estrangeiras

Boa parte da boa literatura do mercado farmacêutico é lançada primeiramente na língua inglesa e somente muito tempo depois traduzida para o português. Por isso, dominar esse idioma é sempre muito importante para estar sempre um passo à frente de outros profissionais com quem, por ventura, possa concorrer no mercado.

Além do inglês, o espanhol também pode ser uma opção interessante de língua para ser estudada, pois também existe muito material de qualidade publicado nesse idioma.

As línguas estrangeiras servem não apenas para ler livros para farmacêuticos em outro idioma, mas também para que você possa se comunicar com pessoas de outros países — o que é algo corriqueiro em atividades como a do farmacêutico industrial.

4.4 Conheça a legislação vigente

No que se refere às atividades farmacêuticas, você também precisa conhecer a legislação vigente. Afinal, as indústrias farmacêuticas precisam seguir uma série de regulamentações exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por exemplo.

Essas leis e normas estão sempre se modificando e é necessário que você busque atualizar os seus conhecimentos constantemente para que eles não se tornem obsoletos. Não seguir essas leis pode ser um problema sério para a sua carreira, que pode ser prejudicada por conta disso.

4.5 Faça um plano de carreira

Para ser bem-sucedido no mercado, você precisa desenvolver um plano de carreira — uma espécie de trajetória que, baseada em um planejamento, ajudará você a chegar aonde você quer mais rapidamente.

Para construir um plano de carreira em Farmácia, é necessário conhecer os seus objetivos pessoais, analisar as opções que podem ser seguidas, ter ciência do mercado em que deseja trabalhar, jamais parar de estudar e não ter medo de sair da zona de conforto.

4.6 Registre-se no Conselho Regional de Farmácia

Por lei, todos os farmacêuticos — independentemente da área em que atuam — precisam se registrar no Conselho Regional de Farmácia (CRF). Por isso, logo após a conclusão da graduação é preciso fazer esse registro para que você possa atuar em qualquer área da Farmácia.

O Conselho Regional de Farmácia preza pela manutenção e prevenção dos benefícios da classe farmacêutica e é um respeitado órgão que tem o objetivo de lutar pela classe como um todo.

5. Cursos e especializações para farmacêuticos

Para ser bem-sucedido, o farmacêutico não pode parar de estudar nunca, pois novidades sempre surgem na área. Veja alguns dos principais cursos e especializações que podem ser feitos por esses profissionais.

5.1 Farmacologia clínica

O curso de especialização em farmacologia clínica é indicado para os profissionais da área que desejam adquirir conhecimentos técnicos para aperfeiçoar o tratamento e o bem-estar dos pacientes.

5.2 Fitoterapia clínica

A pós-graduação em fitoterapia clínica é indicada para os profissionais que desejam atuar na área do desenvolvimento e administração de medicamentos fitoterápicos, ou seja, com base em plantas medicinais. Essa área está em alta, pois muitas pessoas buscam soluções naturais para tratar problemas de saúde.

5.3 Manipulação magistral

Trabalhar em farmácias de manipulação também pode ser uma carreira interessante para os profissionais de Farmácia e, para isso, é preciso investir em uma especialização em manipulação magistral. O curso ensina técnicas para manipular e fabricar medicamentos em pequenos laboratórios.

5.4 Manipulação de dermocosméticos

O setor de cosméticos está em ampla expansão e é por isso que já existe cursos de manipulação exclusivos para quem deseja trabalhar na produção de dermocosméticos. Esse profissional aprende a desenvolver cosméticos e itens de higiene e beleza de forma manipulada.

Esperamos que as informações que trouxemos sobre o mercado farmacêutico tenham sido úteis para você e que possam impulsionar a sua carreira nesse segmento tão importante!

Gostou do conteúdo do post? Para receber mais dicas e assuntos interessantes sobre o tema, assine a nossa newsletter. Assim, enviaremos os nossos materiais para o seu e-mail sempre em primeira mão!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.