Novembro Azul lembra aos homens que é preciso cuidar da saúde

 

A saúde do homem é o foco do Novembro Azul. O câncer de próstata, tema central da campanha, é a segunda maior causa de morte por câncer no Brasil e é a mais comum entre as pessoas do sexo masculino.
Com o objetivo de ampliar a conscientização em torno da importância da prevenção e do diagnóstico precoce, a Hipolabor publicará no blog uma série com informações importantes sobre o assunto. Para reforçar o alerta na empresa, colaboradores das três unidades trabalharam de azul no dia 7 de novembro.

Números preocupantes
Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são estimados cerca de 68 mil novos casos de câncer de próstata em 2018. Apesar do número alarmante, a procura médica ainda é baixa: apenas 32% dos homens fazem o exame de toque e 47% que têm a doença em estágio avançado desconhecem o problema.

Para garantir as chances de cura, o diagnóstico precoce é o melhor caminho. Como na fase inicial esse tipo de câncer não apresenta sintomas, é fundamental que homens com fatores de risco —como casos na família— procurem o urologista a partir dos 45 anos. Os demais devem procurar a partir dos 50 anos.

Vença o preconceito
Além de não terem a cultura de ir ao médico, muitos homens carregam tabus quanto aos exames. A campanha Novembro Azul tem um papel muito importante e contribui para acabar de vez com esse preconceito.

Um dos exames feitos na prevenção é o toque retal, um procedimento rápido e simples que verifica se há alguma alteração na próstata. Para dar suporte ao diagnóstico, outros exames podem ser solicitados, como o PSA (Antígeno Prostático Específico), o ultrassom transretal e a biópsia da glândula, que consiste na retirada de fragmentos da próstata para análise.

 

Novembro Azul_Hipolabor1

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.