Pressão alta: 5 dicas para aprender a conviver com esse problema

Pressão alta: 5 dicas para aprender a conviver com esse problema

A hipertensão arterial, popularmente chamada de pressão alta, é uma das doenças mais comuns dos dias de hoje ­— especialmente por conta dos hábitos nocivos da sociedade moderna, como a alimentação ruim e o sedentarismo.

No entanto, muitas pessoas não sabem ao certo quais são as atitudes mais importantes para se adotar e garantir que essa patologia não cause danos mais sérios ao organismo.

Quer descobrir como fazer isso? Então conheça essas cinco dicas para aprender a conviver com esse problema:

1. Siga as recomendações médicas

Um dos maiores erros que uma pessoa com pressão alta pode cometer é não seguir as recomendações do médico. Infelizmente, essa é uma situação muito comum. Muitos pacientes começam a ter bons resultados com os medicamentos e, por conta disso, simplesmente interrompem o tratamento.

Se um profissional de confiança recomendou especificamente um remédio para você, é porque aquela substância é adequada para o seu problema. Siga as instruções corretamente e só busque novas abordagens após discutir e se informar no consultório. Sua saúde e seu coração agradecem.

2. Mantenha o seu peso ideal

A obesidade e a síndrome metabólica estão fortemente ligadas ao surgimento da pressão alta em boa parte dos pacientes. Isso ocorre porque o sobrepeso acaba forçando ainda mais o coração, que precisa aumentar o esforço para bombear o sangue a todos os tecidos do corpo.

Tal qual uma pessoa que faz musculação para aumentar a massa muscular, o coração dos obesos também é hipertrofiado para aguentar esse trabalho extra. Isso pode resultar, em médio e longo prazos, em males como a insuficiência cardíaca.

3. Pratique atividades físicas

Praticar exercícios regularmente ajuda não apenas a manter o peso ideal, mas também a saúde do coração e do organismo como um todo.

Após os exercícios, nosso corpo libera substancias relaxantes, que naturalmente contribuem para que a pressão arterial se reduza. Os aeróbicos especialmente contribuem para a melhoria de todo o sistema circulatório e pulmonar. Só tome cuidado com os exageros.

4. Pegue leve na alimentação

Adotar um plano alimentar com gorduras saudáveis e pouco sal é medida necessária na dieta de quem quer ficar longe da hipertensão. O sódio é campeão em criar episódios de pressão alta, já que ele retém mais água dentro do sistema circulatório.

Procure incluir muitas frutas, verduras e legumes. Cortar a carne não é imperativo, mas o ideal é que dar preferência ao peito de frango, aos peixes e aos cortes magros, ou seja, com pouca gordura.

5. Fuja de hábitos que estimulam a pressão alta

Por fim, ficar longe de cigarros e de bebidas alcoólicas também ajuda a evitar a hipertensão. O álcool, por exemplo, é um inimigo feroz do nosso organismo e você deve limitá-lo a uma ou duas doses diárias, no máximo.

Já o tabaco é campeão em substâncias tóxicas que podem comprometer toda a nossa saúde. Parar de fumar imediatamente é fundamental, mas importe-se em evitar até mesmo o fumo passivo.

Gostou das nossas dicas para evitar a pressão alta? Quer receber outros conteúdos como esse diretamente no seu e-mail? Assine a nossa newsletter e fique sempre por dentro das melhores informações para cuidar bem da sua saúde!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba nossas novidades.